contato-fone

Home Projetos Sociais Cantinho São Rafael

O Cantinho São Rafael, administrado pelas Obras Sociais da Paróquia de Nazaré (OSPAN) e Diretoria da Festa de Nazaré, é um espaço que atende cerca 160 crianças e adolescentes entre 7 e 17 anos que se encontram em situação de risco social e econômico.

“Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele!” (Pv 22, 6)

img_5019Com o objetivo de promover a transformação social através de cultura, esporte e lazer o Projeto Social Cantinho São Rafael, criado há 17 anos, é localizado no município de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.

Atendendo cerca de 160 crianças e adolescente entre 7 e 17 anos de idade, o Cantinho São Rafael é um projeto social mantido exclusivamente pela Diretoria da Festa e pelas Obras Sociais da Paroquia de Nazaré (OSPAN).  Para participar do projeto social, as crianças e adolescentes precisam estar matriculadas na rede pública de ensino e morar nos entornos do local.

O Cantinho São Rafael oferece em tempo integral atividades lúdicas e pedagógicas com inventivo à leitura, escrita, artes cénicas, artes plásticas, ensino religioso, informática e esportes. Para dar suporte psicopedagógico, assistententes sociais oferecem também atendimento pedagógico através de acolhimentos individuais e estudos de casos. Incentivando a convivência social, os alunos também tem a oportunidade de visitar pontos turísticos e históricos da capital paraense, sempre na companhia das educadoras. A equipe técnica é formada por dez colaboradores entre educadoras sociais, pedagoga, assistente social, professora de educação física, professor de informática, cozinheira, zelador de auxiliar de serviços gerais.
Claudia Dantas Hage, integrante da Diretoria da Festa e diretora do Cantinho São Rafael há quase três anos, conta que os desafios são muitos para manter o projeto: “Graças a Nossa Senhora de Nazaré a procura de pais que querem matricular os filhos no projeto é muito grande, principalmente aqui no entorno por se tratar de uma região de vulnerabilidade social. Entretanto as dificuldades são diárias, o maior desafio é captar recursos para manter o espaço com qualidade e assim dar mais oportunidade à estas crianças e adolescentes” destacou.
Anualmente, a Diretoria da Festa de Nazaré realiza dois eventos para angariar fundos que darão suporte as necessidades diárias do espaço como alimentação, materiais de limpeza e manutenção com a estrutura física do prédio.
img_5003Emprego e Renda 
Confirmando um dos principais objetivos do projeto social, o Cantinho São Rafael oferece as mães dos alunos, cursos profissionalizantes que possam gerar renda e emprego. Cursos como panificação, produção de doces finos, horta orgânica, geleias e compotas, corte e costura, entre outros, são ofertados de forma gratuita.
Histórico 
O Padre Barnabita Morando Marini, italiano que atuou no Brasil até os últimos dias de sua vida, identificou que na parte de trás da Basílica várias crianças e adolescentes se reuniam para consumir drogas. Após um levantamento, Padre Morando Marini verificou que estas crianças e adolescentes vinham do município de Ananindeua. Assim, para tirar as crianças da situação de vulnerabilidade social, foi criada a Associação Educacional e Filantrópica Padre Morando Marini (ASEFIPEN), que a princípio recebia doações de “padrinhos” da Itália que depositavam mensalmente quantias para custear os estudos dos afilhados. Como forma de agradecimento as crianças enviavam cartinhas.
img_4988O espaço físico ainda não existia, então, Padre Morando Marini arrecadou o dinheiro através de doações e construiu o Cantinho São Rafael. Na época, ano de 1997, foi constatado que Ananindeua era o município com maior concentração de favelas do Brasil.
Foi criado em 1999, quando o sítio foi comprado com o dinheiro arrecadado através das doações. Os prédios foram construídos também com recursos doados pela Associação Ítalo Brasileira (AIB). No primeiro prédio funciona a administração do espaço, no segundo ficam as salas de aula, informática e a brinquedoteca, no terceiro esta o refeitório e o almoxarifado.

Sua Colaboração

Ajude a manter esta obra social, para colaborar com a educação destas crianças faça sua doação na conta Banco do Brasil, Ag: 3301-4 C: 6.113-1 O espaço funciona de segunda à sexta-feira das 8h às 11h e das 14h às 17h.  Ajude a manter esta obra social, para colaborar com a educação destas crianças faça sua doação na conta Banco do Brasil, Ag: 3301-4 C: 6.113-1

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.