contato-fone

Home Aconteceu Começa a Festividade do Glorioso São Brás 2017

Na manhã do domingo (22), a Comunidade São Brás, da Paróquia de Nazaré, iniciou a festividade do seu padroeiro, que segue até o dia 3 de fevereiro, tendo como tema: “Com São Brás lutemos pela paz, em defesa da vida”. A celebração foi presidida pelo Reitor da Basílica Santuário de Nazaré, Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves.

A comunidade é uma das seis que fazem parte da Paróquia. Foi criada no final da década de 1970, oficializada por Padre Giovanni Incampo, funcionando atualmente na capela localizada na Vila Farah, na Av. Governador José Malcher, onde são realizadas as celebrações e encontros das pastorais e grupos que atuam na comunidade.

A festividade reúne, tradicionalmente, além dos integrantes da comunidade, os trabalhadores do complexo de São Brás, incluindo o antigo mercado e a feira, especialmente durante a procissão que todos os anos percorre as ruas do bairro, cujo nome também homenageia ao padroeiro, acontecendo sempre no domingo que antecede o Dia de São Brás (03 de fevereiro). Há notícias de uma procissão dedicada ao santo já era realizada em Belém há muitos anos atrás, partindo da Igreja das Mercês em direção à Basílica de Nazaré.

Durante a Santa Missa de Abertura, o reitor do Santuário de Nazaré enfatizou que os cristãos devem conhecer, amar e seguir Jesus. “Devemos testemunhar com nossa própria vida e como comunidade, sendo discípulos e missionários de Cristo, vivendo a comunhão e a unidade, como os primeiros cristãos”, disse.

 

História – São Brás Nasceu na Armênia, no século III, foi médico e bispo em Sebaste. Como médico, usava dos seus conhecimentos para resgatar a saúde, não só do corpo, mas também da alma, pois se ocupava em evangelizar os pacientes. No tempo deste santo aconteceu uma forte perseguição religiosa, por isso, como santo bispo, procurou exortar seus fiéis à firmeza da fé. Por sua vez, São Brás, que era testemunho de segurança em Deus, retirou-se para um lugar solitário, a fim de continuar governando aquela Igreja, porém, foi descoberto por soldados.

Morreu em 316, torturado com ferros em brasa e depois foi decapitado. O costume de abençoar as gargantas no seu dia continua até hoje, para lembrar o fato da mãe do menino curado por São Brás, ter levado a ele velas na prisão. Muitos eventos miraculosos são mencionados nos estudos sobre São Brás e é muito venerado na França e Espanha.

 

Texto e fotos: Fabrício Coleny – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré

 

 

A Comunidade São Brás fica localizada na Av. Governador José Malcer, Vila Faráh, Alameda Tapajós (próximo ao Yamada Plaza).

 

Confira a programação da festividade:

22/01 a 1º/2 – Novena seguida de Santa Missa, 19h30

29/01 – Procissão saindo da Escola Benvinda de França Messias, seguindo até a comunidade, encerrando com a Santa Missa, 8h

02/02 – Adoração ao Santíssimo, 19h30

03/02 – Dia de São Brás – Missa Solene com bênção das gargantas, 19h30

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.