contato-fone

Home Barnabitas Pe. Francisco Carlos M. Saraiva Nunes

Pe. Francisco SaraivaPe. Francisco Carlos M. Saraiva Nunes
Data de nascimento: 29.05.1974
Data de ordenação: 16.05.2008

Nascido no dia 29 de maio de l974, em Fortaleza – Ce , onde cresceu e viveu até os 24 anos de idade. Padre Francisco Carlos M. Saraiva Nunesé o mais velho de cinco irmãos, sendo eles dois homens e três mulheres. De família católica, os pais foram os primeiros a catequizá-lo. Foi com eles que aprendeu as primeiras orações.

Nas missas aos domingos tinha a presença disciplinada. Desde aquela época sempre teve muito interesse pela Celebração do Sacrifício Eucarístico e a figura representada pelo sacerdote o chamava muita atenção. Durante o processo catequético ficava admirado ante o mistério do Cristo, na hóstia santa.

Nos movimentos e pastorais em que tomou parte, a Missa e a Adoração Eucarística foram as fontes básicas, primordiais e propulsoras para o seu crescimento espiritual. No entanto, sentia-se limitado durante a atuação apostólica como cristão e, por isso, almejava dedicar-se integralmente ao serviço do Evangelho, da Igreja e dos irmãos. Assim brotou em seu o coração o chamado ao sacerdócio.

Começou a frequentar o grupo vocacional dos Padres Sacramentinos, em 1997, e no final de 1999 foi convidado a participar de um seminário, em Belo Horizonte, MG.Em 200, ingressou no mesmo seminário, quando prestou vestibular para o curso de Filosofia na PUC-MG. Depois de um ano e quatro meses, em comum acordo com o Provincial dos Sacramentinos, chegou-se à decisão de que sua vocação não era compatível com o processo formativo da Congregação dos Sacramentinos.

Desligou-se da Congregação, mas em abril de 2001 recebeu um convite para uma experiência na Ordem dos Clérigos Regulares de S.Paulo, os Barnabitas. Em 2003, foi admitido ao noviciado interprovincial da nossa Congregação em Brasilia-DF, onde emitiu os primeiros votos na família religiosa nas mãos do M.R.Pe.VictorBaderacchi, Padre Provincial da Província Centro-Sul do Brasil.

Depois, como professo simples, foi destinado à comunidade Barnabítica da Paróquia de S. Rafael Arcanjo, no bairro da Mooca, em S.Paulo-SP, onde fez o curso de quatro anos de Teologia. Lá permaneceu até ser enviado à Roma em dezembro de 2007, para o Seminário Internacional dos PP. Barnabitas, em função da preparação aos votos solenes e perpétuos, da congregação.

Retornou ao Brasil em maio de 2008. Continuou em S.Paulo, na Paróquia S. Rafael Arcanjo. Lugar em que emitiu os votos solenes em 13 de setembro de 2008, nas mãos de Pe. Victor Baderacchi, padre provincial dos Barnabitas do Brasil Centro –Sul. No dia seguinte, 14 de setembro, foi ordenado Diácono por Dom Pedro Luiz Strighini, bispo auxiliar de São Paulo e vigário episcopal para Região (vigariato) Episcopal Belém.

Em fevereiro de 2009 foi transferido para a Paróquia de Nosso Sra. de Loreto, no bairro de Jacarepágua, Rio de Janeiro-RJ.

Ao sacerdote, foi ordenado no dia 16 de maio, na cidade de Fortaleza, pelas mãos de Dom Aldo Pagotto, SSS (sacramentino), Arcebispo da Paraíba, na Igreja de São Benedito, Paróquia e Santuário Arquidiocesano de Adoração Eucarística, dirigida pelos Padres Sacramentinos. Aliás, Dom Aldo Pagotto, ainda padre e na época vigário episcopal da Região Metropolitana I da Arquidiocese de Fortaleza, como delegado do Senhor.

Arcebispo de Fortaleza, presidiu e celebrou a Missa onde, juntamente a outros jovens receberama Confirmação (Crisma) no dia 19 de dezembro de 1994, na Igreja Inacabada de São Francisco de Assis, no Bairro de Jacarecanga, Fortaleza Ceará, futura matriz da Paróquia de São Francisco.

A primeira Missa celebrada pelo Padre Saraiva, ocorreu no dia 17 de maio de 2009, domingo, na, já quase centenária, Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes. Foi batizado no mesmo local, no dia 07 de dezembro de 1975 pelas Mãos do Rev.do Padre MirtonLavôr, que celebrou sua primeira confissão durante o sábado, dia 05,de dezembro de 1987 e o domingo, dia 6, quando administrou a primeira comunhão eucarística ao lado das minhas irmãs Ana Carla e Francisca Carla e demais crianças da turma daquele ano.

Por motivos de saúde, Pe.MirtonLavôr, agora pároco emérito, não pôde participar, nem da ordenação,nem da primeira missa, celebrada pelo Padre Francisco Saraiva.
No dia 29 de janeiro de 2010 o novo Padre Provincial, Pe. LuisAntonio, oinformousobre sua transferência para a comunidade barnabita de São Paulo capital: a Paróquia de São Rafael Arcanjo. Foi assumir o cargo de Vice-reitor (formador) no Seminário. Em seguida, atuou, a partir de maio, como vigário paroquial ao lado de Pe.Sivonaldo de Araujo Maciel, cujoexerceu a função deparoquiato de São Rafael.

Em 10 de agosto, devido a transferência de Pe. Sivonaldo, precisou assumir a Paróquia de São Rafael Arcanjo na qualidade de administrador paroquial, função que exerci até 04 de outubro de 2013, data em que deixou a cidade de São Paulo, transferido para o Colégio Santo AntonioM.Zaccaria e a Capela Nossa Senhora Mãe da Divina Providência, no Rio de Janeiro-RJ, no bairro do Catete, rua do Catete, n.113 para compor a comunidade do Padres Barnabitas. Na comunidade, assumiu os encargos de vice-superior local, chanceler e vice-capelão. Permaneceu por láaté 30 de março de 2016.

O destino seguinte foi Belém do Pará. Enviado para fazer parte da comunidade dos Padres Barnabitas da Paróquia Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré.

Padre Carlos Francisco M. Saraiva éformado em Filosofia, com o grau de Bacharel Licenciado, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (turma de 2002) e em Teologia, com grau de Bacharel com reconhecimento eclesiástico pelo Instituto São Paulo de Estudos Superiores (ITESP), afiliado ao Pontifício Ateneu Santo Anselmo de Roma (turma de 2007) e com reconhecimento civil (convalidação) pela Faculdade de Filosofia e Teologia do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro (turma de 2015).

“Agradeço a Deus a graça de poder trabalhar agora na Basílica Santuário e colaborar com os meus confrades barnabitas que desde 1909 trabalham para edificação espiritual do povo paraense e deste esplêndido templo mariano com dedicação diutorna e ingentes esforços na construção desta maravilha da fé, arte e arquiteturaque acolhe aos filhos da Virgem Mãe de Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo, oriundos de todo o Grão-Pará, do Brasil e do mundo”.

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.